05/12/06

Cat Power na Aula Magna

E foi tudo aquilo que eu esperava e mais alguma coisa . O concerto da Cat Power ontem na Aula Magna foi divinal. Quando a banda entrou ja lá estava ela com seu copinho (alcool?) vagueando pelo palco. E estava maravilhosamente imprevisível como sempre: dançou, pulou, fez macaquices, sapateou (os sapatos novos eram portugueses, informou ela), reclamou do som (que estava mesmo péssimo) e até pediu desculpas pelo último concerto em Portugal (perdi alguma coisa aqui). Depois, alguém tossiu na platéia e ela parou de tocar (piano) de repente e agradeceu por avisarem-na que a música estava entediante. Aí teve música, muita música. A linda Cat nos brindou com sua voz celestial rouca-aveludada, e a Aula Magna, completamente lotada, agradeceu-lhe aplaudindo de pé. Lindo, simplesmente lindo.

2 comentários:

C. Vilafanha disse...

A voz dela esteve bem. Há tempos fiz uma viagem de carro que demorou cerca de quatro horas sempre a ouvir o grande álbum Greatest. Quando ao concerto, esperava melhor.

gonn1000 disse...

N?o fui, com alguma pena. No último concerto consta que a Cat só cantou quatro canç?es, o resto foram confid?ncias e desabafos (fase muito má, ao que parece).