01/12/06

I see dead people

Só agora fechei o ciclo Shyamalan e vi o único filme que me faltava, o mal-amado «Sinais». Continuo a achar «A vila» a sua obra-prima incontornável mas em «Sinais» estao lá todas as influencias Hitchcockianas do realizador que eu tanto gosto. Desde o genérico incial aquele final em flashbacks, que explicam toda a trama. Claro que o final nao prima pela subtileza mas os temas da fé tao frequentes na sua filmografia aqui ganha um lado mais negro. Com um Mel Gibson (tenho de admitir, em grande performance) na pele de um ex-padre que perde a fé ao mesmo tempo que perde a sua mulher.Um grande filme de um cineasta irregular porém talentoso. E que por vezes, deixa o seu lado magalomaníaco tomar frente a seus projectos, veja-se este último objecto inclassificável que foi «Lady in the Water».

2 comentários:

gonn1000 disse...

Por acaso acho "Sinais" o mais fraco, foi uma valente decepç?o, um filme falhado na tentativa de suspense de ainda pior ao abordar os dilemas da fé. Em relaç?o a "A Vila" estamos de acordo, é um grande filme.

Anónimo disse...

gonn1000: Pois, eu compreendo. Quase ninguém gostou do filme na altura. Abraço!