17/12/07

Melhores de 2007 - Os Discos e as Canções


OK Computer, eis a minha lista. Devo fazer algumas considerações antes. Diferente do ano passado, 2007 não foi um ano de grandes discos, daqueles que nos ganha à primeira audição. Teve discos que quando os ouvi achei que iam figurar nesse top, como o dos «The Go! Team» e dos «New Young Pony Club» mas o prazo de vencimento deles era demasiado curto e acabaram por ficar no banco de reserva... Por outro lado, teve discos que por puro preconceito, eu fugia como o diabo foge da cruz e que no fim, se revelaram verdadeiras pérolas pop (a Amy e o Mika, por exemplo). Mas enfim, tudo estatísticas. E o ano ainda não acabou, eu sei. Mas como «Portishead» já não vem mais e apesar de eu não ter ouvido o «Burial» todo ainda, não gostei do que já ouvi, então deixo aqui as minhas escolhas para álbuns e canções do ano. Os fab-five que fizeram minha vida mais colorida em 2007.

1. «Neon Bible» - Arcade Fire
2. «Widow City» - The Fiery Furnaces
3. «Back to Black» - Amy Winehouse
4. «Night Falls Over Kortedalla» - Jens Lekman
5. «This Fool Can Die Now» - Scout Niblett

- canções -

Vi alguns blogues botando «No Cars Go» aí nos melhores singles do ano e fiquei tentado e dar-lhe o primeiro lugar. Afinal, é a melhor música dos Arcade Fire ever, ever, ever. Mas não, eu ja conheço aqueles versos há uns bons anos e não ficaria muito bem. E também porque minha versão preferida é aquela que eles fizeram para a BBC (que depois apareceu num bootleg chamado «BBC Sessions») e que no início Win Butler avisa «this is not a wedding!» Também pensei muito em incluir uma das três novas músicas dos Gossip (que soltaram há umas semanas no MySpace) mas como ainda não existe edição física dos singles alguém podia chiar. Mas, what hell, quem escolhe aqui sou eu o quê? Por isso, aqui têm minha lista com os dez singles arrasa-quarteirão do ano. Uma compilação com estas dez músicas valem mais que ouro.

01. «Kanske Ar Jäg Kar I Dig» - Jens Lekman
02. «My Egyptian Grammar» - The Fiery Furnaces
03. «Fake Empire» - The National
04. «Back to Black» - Amy Winehouse
05. «Hide and Seek» - Scoutt Niblett
06. «Don't Lose Yourself» - Laura Veirs
07. «Grip Like a Vice» - The Go! Team
08. «Hiding on the Staircase» - NYPC
09. «Everybody's Got Their Own...» - Shannon Wright
10. «Down Boy» - Yeah Yeah Yeahs

25 comentários:

gonn1000 disse...

Três dessas melhores canções também estarão no meu top, mas para já não digo quais :P

Já dos discos, gostei moderadamente dos Arcade, nem por isso do Lekman e os restantes não ouvi.

Wellington Almeida disse...

Gonçalo, deixa eu adivinhar uma delas...NYPC?

Abraços.

P.S. Recomendo vivamente «The Fiery Furnaces» se ainda não ouviste.

Indie-Go! disse...

o meu top da radar diferiu ligeiramente porque ja n me lembrava qual tinha posto aki no meu blog..isto pk sinceramente este ano nao gostei mt da colheita musical.acho que foi fraco(no geral claro)

olivia disse...

hey hey
em primeiro lugar, bom blog! E útil, que é daquelas coisas que já não se vê facilmente!

o ano até pode não ter sido muito produtivo em discos brilhantes mas não foi mau de músicas e foi excelente em concertos!! :D

quanto ao top, os 3 primeiros do top de discos até ok... principalmente o primeiro! ehehe

beijinhos!

MikeGodin disse...

Em jeito de retribuição, faço esta visita ao teu interessante blog.
Continua e divulga os teus bons gostos.

SalU2

Wellington Almeida disse...

Olívia e Mike Goddin: Muito obrigado pelos comentários. prometo acompanhar de perto vossos blogues.

Abraços calorosos,

Demoiselle Retro disse...

Subscrevo a Olivia, bom blog!
O Neon Bible � um �timo �lbum, "No cars Go" � fod�stica.
Na minha humilde opini�o o �lbum n� 1 do ano � o "Armchair Apocrypha" do Andrew Bird. E tb resisti um tempo a Amy :D

Wellington Almeida disse...

Indie-go!: Concordo quando dizes que este ano não teve grandes albuns...obrigado pela visita! E sim, fazes bem em dar o primeiro lugar ao Lekman, ele merece.

Olívia: Útil? Tu que és uma querida..:)) beijinhos corados e agradecidos.

Wellington Almeida disse...

Demoselle, Obrigado pelo elogio, ja lhe te disse que tbm tens um blogue delicioso ;)

Qto à Amy, o primeiro album ainda acho um lixão mas este «Back to Black» que maravilha soul que é. E o facto de ela ser uma outsider, só ajuda. rss

Beijinhos.

LuisElMau disse...

belo blog, parabens, venho com certeza mais vezes visitar este teu espaço.

Obrigado.

Wellington Almeida disse...

Luis elmau: hahaha ri muito com teu comentário à vestes da Bulat..es um preconceituoso pá!

Obrigado pelo comentário, volta sim.

Abração.

Fieldbrad disse...

obrigado....

"down boy"...YyY´s....
já me esquecia dessa música...brutal...


keep up...

M.A. disse...

Um desses discos também irá integrar a minha lista, embora num lugar mais modesto. Para saber qual, basta seguir os próximos capítulos :)

>> nim disse...

obrigado pelo teu comentário. muito boa música e muitos bons posts neste teu cantinho, que já tratei de adicionar aos favoritos para visitar mais frequentemente.

um abraço!

Wellington Almeida disse...

M.A. Podes deixar que ando atento..teu blogue anda lá pelo meu Google Reader ;)

Nim: Obgado pelso elogios, retribuo o mesmo. Em breve tou te "linkando" por aqui ;)

abraço forte.

Eric Draven disse...

obrigado pelo comentário...
não podemos por todos no topo o mesmo, pq senão acabava-se a opção de escolha ;)
quando temos que optar, alguns sentimentos batem mais forte, e escolhemos aquelas que mais vezes ouvimos...
também gosto das tuas listas e talvez até descubra algo de novo...
abraço

Catarina disse...

Eu também não concordo com alguns da tua lista, mas cada um tem sua opinião ;)
De qualquer das maneiras, concordo com posição da "Fake Empire", porque foi mesmo uma das melhores.

Obrigado por teres passado pelo meu blog. Parabéns pelo teu.

PUTO disse...

Claro que "no cars go" não deveria ser considerada um single de 2007 por um lado, mas por outro sufreu novos arranjos e se não conheceres o EP deles, nunca saberias que era daí!

Obrigado pelo comment, volta sempre!

O Puto disse...

"Neon Bible" e talvez "Widow City" farão parte do meu top. Da Amy só comecei a ouvir o disco há pouco tempo e estou a apaixonar-me. Neste momento estou a ouvir o do Jens Lekman e tem lá canções deliciosas. "No Cars Go" é encantadoramente simples e arrebatadora. Gosto mais da nova versão, pois é mais pujante.
Abraço!

Wellington disse...

Puto: Pois.. ja sei que «The Shins» estará no teu top entre os 5 primeiros certo? Eu dei mtas chances a este disco mas...nada ainda. Nem «australia» desceu.

Qto a Amy, agora ando vendo muito o seu «live in london» que já é um dos grandes concertos em DVD que já vi.

Abraços e obg pela visita.

Strumer disse...

Bom top!;) scout niblett é uma boa referencia...também gostei muito do album;)

bom ano!;)

abraço

Eduardo Negrão disse...

nao é que a amy nao mereça... mas merece o lugar na lista de 2006:P

se passares pelo nosso tb podes ver uma lista nova.

Parabens pelo blog;)

Wellington Almeida disse...

Ma so disco é desse ano, Eduardo.. não entendi.

Eduardo Negrão disse...

sim, tens razao quanto à canção, o single foi lançado em 2007. Mas o album é de 2006

clonixx disse...

Wellington,ao contrário do q foi dito pela Olivia, eu acho q foi um ano mto produtivo em termos de qualidade de albúns. Concertos nem se fala, tivemos cá do melhor q por ai vai na actualidade. Qto ao teu top 5, Neon Bible é um albúm para ser saboreado e mto bom sem dúvida. Amy e Jens nem tanto, qto aos outros 2 não conheço vou tratar disso. Abraço, Bom ano!