02/08/11

Amy Winehouse e os falsos profetas

"(...) Aliás, foi “a falta de amor a Deus” que matou Amy, muito se escreveu comentando o falecimento da cantora. A morte de Amy, ocasionada pela doença e pelo acaso, foi uma previsão de muitos moralistas. “Ah, eu já sabia”. Atenção, falsos profetas, eu também posso dizer: eu sei que todos aqui vão morrer. Eu já sabia disso desde que nasci, até eu mesmo sei que um dia irei morrer. Dentro desse “eu já sabia” esconde-se o ovo da serpente, um moralismo da pior qualidade, pois ele camufla aquele que condena o modo de vida dos outros."

Vítor Angelo, jornalista e escritor, certeiro e afiado no seu Blogay lá na Folha de São Paulo sobre a morte da Amy e os moralistas de plantão. A íntegra do post pode ser lida aqui.

Sem comentários: