27/08/11

Red State - o novo Kevin Smith que promete


Estou com as mãos coçando para ver o último Kevin Smith «Red State» sobre um grupo de fundamentalistas religiosos que sequestram três rapazes que estavam à procura de sexo anônimo. O filme passou no último Fantasy Film Festival (do qual eu já falei aqui) e eu perdi, mas os poucos amigos que viram dizem que é arrepiante. Kevin Smith ficou conhecido no começo dos anos 90 pelo seu filme filme cult «Clerks» ('O Balconista' no Brasil) depois sentiu o gosto amargo da decepção da crítica e público com o filme seguinte «Mallrats» (para mim, o melhor filme de Smith) mas depois voltou à ribalta do cinema independente com os insossos «Chasing Amy» e «Dogma» onde Alanis Morissette interpretava Deus. 
Depois disso Smith afundou num ostracismo sem fim fazendo filmes sem qualquer interesse, flops de bilheteria um atrás do outro, passando por aquele filme infame com Ben Affleck que era uma suposta tentativa de fazê-lo fazer as pazes com o público. Tudo em vão.
Agora com o novo «Red State» causando comoção pelos festivais por onde passa (um grupo de religiosos da Igreja Baptista tentou impedir a exibição do filme em Sundance) e se aventurando num gênero em que não lhe era nada familiar (o terror) Smith vê a sua chance de brilhar novamente. E se depender do trailer - que faz arrepiar os pelos já nos primeiros segundos - «Red State» tem tudo para fazer uma respeitável carreira no cinema. Aguardamos ansiosamente.

3 comentários:

gonn1000 disse...

Eh, o "Chasing Amy" é bom e até gostava de rever o "Dogma" (na altura também não gostei muito). E aquele do Affleck e da filha podia ser bem pior... Mas sim, este parece uma viragem de 180 graus, também fiquei curioso.

Wellvis disse...

Não acho os dois filmes maus. Acho inofensíveis, que falta alguma coisa ali. Principalmente o «Dogma», que queria ser muita coisa e era tão banal que dava pena. Mas vamos agora esperar por este «Red State». Vai passar no MOtelx, né?

gonn1000 disse...

Ai vai? Ainda não fui ver o cartaz...