05/09/10

Da série "pessoas que não sabem a hora de parar": Rita Lee


Até fora do Brasil já falam das mensagenzinhas de efeito que a Rita Lee anda postando no seu Twitter. Li na revista Blitz que suas mensagens andam causando "furor" no Brasil, divertindo uns e escandalizando outros. A revista fez um best of das suas mensagens:

"Tem gente que pensa que todo artista é rico. Numa época eu até fui, mas fumei, cheirei e bebi tudo. Hoje moro no mato e 'trampo' para pagar as contas." 

"Certa vez uma senhora elegante me disse que minhas músicas eram perfeitas para serem ouvidas num motel . Desconfiei que ela falava de si própria quando levava garotinhos para fazerem coisas que o Papa não aprovaria."

Eu fico me perguntando se as pessoas ficam mesmo chocadas com estas baboseiras que a Rita Lee cospe todos os dias no Twitter (e desde que se entende por gente, penso eu) ou se a nossa inércia é tanta que passamos a achar que isso é realmente relevante e digno de nota. Um longo bocejo para você, Rita.

1 comentário:

AR disse...

nota abaixo de 0 pra essa mutante frita de quem, por acaso, gosto muito, até!
;)