15/10/06

UM GRANDE WOODY ALLEN



Chris: «Mas ela [a irmă] é tăo bonita quanto vocę?»

Nola: «Eu năo sou bonita, sou sexy»


Ah, que bom ver um grande filme do Woody Allen de novo. Sem aqueles histerismos e neuroses existenciais que lhe é tăo comum.«Match Point» é um magnifíco filme, um belo tratado sobre a culpa e a moral ou o «crime sem castigo» como disse alguém. Depois daquele fiasco horroroso do ano passado «Melinda e Melinda» ninguém esperava que ele voltaria em tăo bela forma. É Woody Allen sério, tăo soturno quanto o Woody de «Another woman».

Sem comentários: